O sonho de Nipa

O sonho de Nipa  

Em 2016, a Save the Children, em parceria com o Programa Fortalecimento de Comunidades do Instituto C&A, lançou uma iniciativa em Bangladesh para oferecer treinamento vocacional e sobre responsabilidade social corporativa a jovens através do centro de formação profissional SUF, o objetivo era aumentar suas qualificações e oportunidades de emprego. Fortalecer as comunidades é parte integrante da nossa missão de transformar a moda em uma força para o bem, pois reconhecemos que a nossa missão deve chegar às comunidades mais afetadas por essa indústria.  

Nipa Akter vem do distrito de Rajbari em Dhaka e é formada em TI pelo centro de formação profissional SUF. Seu pai é agricultor, mas não trabalha devido a uma deficiência, já sua mãe é dona de casa. Ela tem três irmãos e duas irmãs.  

A família de Nipa mudou-se para Dhaka quando ela tinha 11 anos.  Aos 13 anos ela se casou. Nos primeiros meses longe da casa dos pais sentiu o desafio de pagar as despesas da casa. Nessa mesma época, os pais de Nipa enfrentaram dificuldades em pagar por seus estudos. Determinada a continuar estudando, ela conseguiu um empréstimo para continuar arcar com os custos do curso, mas, infelizmente, essa alternativa não era o suficiente para cobrir as despesas da família, e ela foi forçada a desistir depois de concluir seu exame para o Certificado Secundário Superior (Higher Secondary Certificate, HSC). 

Uma luz no fim do túnel 

 

Nipa candidatou-se a empregos, mas por não ter qualificações, não conseguiu nenhum. Em 2018, soube do centro de formação profissional SUF. Ela ficou entusiasmada ao ouvir sobre a oportunidade de ser treinada e sentiu como se tivesse encontrado um raio de esperança. Ela se inscreveu no curso de Tecnologia da Informação para a turma de abril a junho de 2018 e completou o treinamento para receber seu certificado.   

Tornando-se instrutora de TI  

  

Em junho de 2018, Nipa se candidatou a um cargo de instrutora de TI em uma escola perto de onde morava chamada "Shahid Faruk Girls High School".  Depois de ser entrevistada para as posições, finalmente recebeu uma oferta de emprego.  Ela entrou para a Shahid Faruk Girls High School como instrutora de TI em julho de 2018, com um salário mensal de 8.000 BDT (equivalente a R$ 404). Hoje ela se orgulha de poder sustentar sua família em Dhaka. Com o apoio da família e do marido, Nipa está satisfeita e sonha em um dia, abrir seu próprio centro de treinamento.    

Sobre a iniciativa 

 

Esta iniciativa começou em 2016 com o objetivo de combater o crescente problema do trabalho infantil em Bangladesh, proporcionando aos jovens desfavorecidos no país uma formação profissional que, nesse momento, não está disponível no atual sistema de ensino. Nos dois anos de funcionamento do programa, mais de dois mil jovens concluíram, com sucesso, as suas competências profissionais e quase dois mil conseguiram emprego. O programa também formou 986 jovens em competências empresariais e 539 criaram seu próprio negócio.  


Partilhar
Bangladesh